Bolsas de estudo no exterior: como estudar em outro país?

Conseguir bolsas de estudo no exterior é o sonho de muita gente. Afinal de contas, quem não deseja conhecer outras culturas, se desafiar a falar outro idioma e, ainda por cima, participar de um centro de ensino renomado?

Só de imaginar a gente já fica cheio de expectativas, não é mesmo?

Então, para ajudar os estudantes que desejam estudar fora, preparamos esse artigo com muitas informações importantes.

Nele, você descobre como conseguir bolsas de estudos no exterior, através de programas governamentais, quais países oferecem bolsas para brasileiros, como conseguir bolsas gratuitas e quais faculdades estrangeiras aceitam a nota do ENEM.

Ficou animado? Então, leia os tópicos a seguir com muita atenção e descubra como começar uma das maiores aventuras da sua vida!

Como conseguir bolsas de estudos no exterior pelo governo?

Bolsas de estudo no exterior
Bolsas de estudo no exterior – Reprodução

Segundo a Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), é sim possível acessar programas do governo federal e conseguir bolsas de estudo no exterior. Além disso, as bolsas cobrem cursos de graduação e pós-graduação, e são destinadas a estudantes e professores das redes públicas e privadas.

Isso acontece porque o governo brasileiro possui acordos com outros países, com a finalidade de fomentar a educação e compartilhar o conhecimento entre as instituições mundo afora.

Para conseguir bolsas de estudo no exterior através da CAPES, os alunos devem acompanhar os canais oficiais e ficar atento aos períodos de inscrição. Atualmente o projeto oferece bolsas individuais e coletivas, para pesquisadores.

Além disso, o CAPES possibilita que projetos entre faculdades brasileiras e estrangeiras gerem bolsas, para que o estudante realize um intercâmbio.

Encontrou a bolsa perfeita para você? Realize o processo de inscrição e elegibilidade da CAPES e aguarde a avaliação, para saber se você tem direito a vaga. Cada vaga possui critérios de elegibilidade diferentes, por isso é preciso ler os editais e encontrar aquela em que você se encaixa.

Quais países oferecem bolsas de estudo para brasileiros?

Hoje em dia não é impossível conseguir bolsas de estudo no exterior. Inclusive, existem alguns países que têm ligação direta com o governo federal e, nesta parceria, possuem programas para levar os brasileiros para fora.

Confira alguns deles abaixo:

  • Alemanha: por meio do Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD).
  • França: através do (CESMAT) Centro de Estudos Superiores de Matérias Primas. Ou na Associação Francesa da Indústria Aeroespacial (GIFAS).
  • Espanha: o país conta com um Centro de Estudos Brasileiros da Universidade de Salamanca (USAL).

Outro país que tem uma forte ligação com o Brasil é Portugal. Lá, temos um benefício: o português. Assim, é possível se candidatar a vagas em projetos específicos para universidades portuguesas.

Como conseguir uma bolsa de estudos gratuita no exterior?

Candidatar-se a bolsas de estudo no exterior, não é tarefa fácil. Isso porque, as instituições de ensino exigem condições específicas para aprovar o candidato, o que torna o processo um pouco mais lento e desafiador.

Assim, se você deseja estudar em outro país, deve ter em mente que:

  • É preciso ser brasileiro(a);
  • No caso de bolsas federais, obter pontuação mínima de 600 pontos no ENEM;
  • Demonstrar alto rendimento acadêmico;
  • Possuir clareza da graduação a ser cursada;
  • Demonstrar fluência em inglês, e, em alguns casos, realizar teste de proficiência da língua.

Sim pessoal, o inglês é fundamental para conseguir bolsas de estudo no exterior, já que esta é a língua mais utilizada por estrangeiros, principalmente em centros acadêmicos. E quando falamos em fluência, queremos dizer que é preciso saber falar, ler e escrever sem dificuldades.

Caso você ainda não seja fluente no idioma, é hora de investir nessa formação, para se candidatar a universidades estrangeiras o quanto antes.

Quais faculdades no exterior aceitam a nota do Enem?

O ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) é a maior porta de entrada para alunos que desejam cursar o ensino superior. E, grande parte das universidades brasileiras, aceitam o mesmo na hora de recrutar os alunos.

Por isso, utilizar a prova para conseguir bolsas de estudo no exterior é a situação perfeita para os estudantes. Nesse sentido, veja abaixo uma lista com as instituições que aceitam o ENEM:

  • França: Université Paris-Saclay, Institut National des Sciences Appliquées Lyon e École Normale Supérieure;
  • Irlanda: University College Dublin, a University College Cork e a National College of Ireland;
  • Reino Unido: Kingston University, University of Glasgow, Birkbeck – University of London, Loughborough University e Nottingham Trent University;
  • Estado Unidos: New York University, Drexel University, Northeastern University e Temple University;
  • Canadá: University of Toronto; Toronto Metropolitan University (antiga Ryerson University); Trent University e Humber College.

Conclusão

Em suma, bolsas de estudo no exterior podem ser desafiadoras, já que os processos seletivos apresentam muitas etapas e exigências. Mas, existem projetos governamentais para apoiar o estudante.

Por isso, para se candidatar a bolsas de estudo no exterior, o aluno deve ter fluência em inglês ou outro idioma exigido, possuir documentação necessária e ótimas notas.

Se você se enquadra nessas características, basta ficar de olho no site do CAPES e das instituições parceiras.

Quer acessar os demais conteúdos sobre bolsas de ensino? É só clicar aqui!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.