Como se inscrever no Sisu da forma correta?

Você sabe como se inscrever no Sisu? Se a resposta for não, não se preocupe! Isso porque, criamos um texto elucidativo, rápido e prático para te dar uma forcinha na hora de entrar para a Universidade.

Com ele, você compreende de uma vez por todas o que é Sisu, como ele funciona, qual o passo a passo para se inscrever em uma vaga, e se vale a pena optar pela ampla concorrência.

E aí, bora tirar seu sonho de fazer faculdade do papel? Agora é a hora! No dia 28 de junho abrem as inscrições relativas ao segundo semestre do Sisu. O período se encerra em 1 de julho, então, é preciso ficar atento para não perder o prazo. Boa sorte!

O que é o Sisu?

como se inscrever no Sisu
como se inscrever no Sisu – Reprodução

Sisu é uma sigla, que significa Sistema de Seleção Unificada. Esta sigla define um projeto governamental, com a finalidade de oferecer vagas nas Universidades públicas de ensino. Mas, essas vagas só podem ser concorridas pelos candidatos que prestaram o ENEM (neste caso o ENEM 2021).

As instituições, que se enquadram como públicas, são:

  • Universidades federais;
  • Institutos Federais;
  • Universidades Estaduais, entre outras.

Antes de mais nada, é importante lembrar que cada instituição de ensino conta com uma “nota de corte”. Dessa forma, se a sua nota no ENEM for baixa, a chance de acessar a vaga desejada pode ser tornar um desafio ainda maior.

Para ter acesso ao período de inscrição do Sisu, o candidato deve ficar atento às plataformas oficiais. Entre elas, o próprio portal do programa, disponível em: https://acessounico.mec.gov.br/.

Como funciona?

Para descobrir como se inscrever no Sisu, é importante saber como o programa funciona. No entanto, já adiantamos que se candidatar a uma vaga é muito fácil! Isso porque:

  • O processo é realizado de forma online;
  • Existem muitos cursos para escolher;
  • O monitoramento da vaga pode ser feito, também, pelo site.

Além disso, o período de inscrição costuma contar com um prazo de 4 dias, do início ao término. Assim, é muito importante realizar a matrícula nos primeiros dias, o mais rápido possível.

Para encontrar seu curso, basta digitar pelo nome da graduação ou instituição escolhida, na barra de pesquisa da plataforma. Também é possível escolher um curso como segunda opção.

Neste sentido, a segunda opção pode ser o mesmo curso, em outra universidade ou horário. E, até mesmo, uma graduação em outra área. Assim, as suas chances aumentam.

Mas, não se esqueça de acompanhar as chamadas no portal do Sisu. Porque, se por acaso você perder a matrícula, sua vaga pode ser ocupada por um aluno excedente.

Como se inscrever no Sisu (passo a passo)

Chegamos no momento decisivo, para o aluno que quer descobrir como se inscrever no Sisu. Isso porque, vamos dar o passo a passo para realizar esta tarefa. Veja:

  1.  Faça o login: basta entrar no site oficial do Sisu e realizar o login na conta gov.br. Para isso, utilize o CPF e a senha criados na inscrição do ENEM;
  2. Escolha os cursos: Na tela “Minha Inscrição”, o candidato poderá escolher até duas opções de cursos, por prioridade, na mesma instituição ou em universidades diferentes. Após selecionar a opção, basta clicar em “Escolher este curso” para continuar;
  3. Indique a modalidade de concorrência: Nesta etapa, o candidato irá escolher se deseja concorrer à vaga através da ampla concorrência ou por meio da Lei de Cotas (Lei nº 12.711/2012). Ao decidir, clique em “escolher esta modalidade” para continuar.
  4. Confirme sua escolha: Verifique se os dados de inscrição estão corretos e clique em “Confirmar minha inscrição”. Realize o mesmo passo a passo para escolher a segunda opção de curso.

É mais fácil entrar por cotas ou ampla concorrência?

Depois que você solucionou o mistério de como se inscrever no Sisu, pode se deparar com a dúvida em relação ao programa de cotas. Será que vale a pena se candidatar na ampla concorrência? Qual das modalidades prevê a maior chance de ingressar no ensino superior?

Bom, se você se enquadra no programa de cotas, o ideal é que participe das mesmas. Isso porque, as chances de ingressar num curso aumentam muito nesta modalidade. Posto que as cotas servem para dar mais oportunidades para minorias, como alunos de escola pública, pessoas indígenas e negras.

Conclusão

Concluímos ao fim deste texto que, para os alunos que desejam saber como se inscrever no Sisu, o mais importante é estar atento ao prazo de inscrição. Para isso, é preciso acompanhar a página oficial do projeto.

Outra descoberta interessante, foi a respeito da segunda opção de curso. Neste sentido, nossa dica é: pense bem na hora de avaliar o curso que deseja seguir. Lembre-se que, a primeira alternativa é a que será priorizada pelo sistema, na hora de analisar as vagas.

Por fim, se você faz parte de uma minoria, saiba que as cotas são sua melhor chance! Elas foram pensadas para ajudar a consolidar seu caminho acadêmico e, optando por elas, suas chances de alcançar este objetivo se tornam maiores.

Agora que você já sabe como se inscrever no Sisu, compartilhe esta informação com um amigo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.