Curso de Cuidador de Idosos SENAC com Certificado

O SENAC é uma entidade reconhecida como referência nacional em educação profissional. Os cursos oferecidos pela entidade são gratuitos para pessoas de baixa renda que precisam realizar cursos profissionalizantes, preparando-se com conhecimentos aprofundados para o mercado de trabalho e encontrando condições de exercer uma profissão.

Entre os cursos oferecidos pelo SENAC, um dos mais procurados é o curso de Cuidador de Idosos. O curso conta com duração de 160 horas de aulas presenciais, o que resulta numa média de quatro meses, capacitando profissionais para os cuidados com idosos que se encontram acamados, em casas de repouso, clubes de terceira idade ou para acompanhante em residências.

Os profissionais formados no curso de cuidador de idosos SENAC tornam-se capacitados para cuidar e ajudar os idosos que encontram dificuldades em tomar banho, em desenvolver suas atividades diárias, em se alimentar, entre outras coisas, além de propor atividades de lazer e integração social.
O profissional treinado no curso de cuidador de idosos SENAC aprende a motivar os idosos a cuidar do próprio corpo e da aparência, promovendo melhor autoestima, cuidando da alimentação e da saúde para poderem se manter em atividade.

Cuidador de Idosos SENAC
FOTO: RODNAE Productions no Pexels

Como fazer a inscrição no curso de cuidador de idosos SENAC

Para fazer a inscrição no curso de cuidador de idosos SENAC, o candidato deve apresentar os documentos pessoais (RG, CPF, comprovante de escolaridade com ensino fundamental, comprovante de residência e título de eleitor com certificado de votação nas últimas eleições).

Para mais informações sobre o curso de cuidador de idosos SENAC, o aluno interessado poderá acessar o site do SENAC em seu estado e verificar a disponibilidade de vagas e datas das inscrições para os cursos.

O curso de cuidador de idosos SENAC abre um leque de novas oportunidades para profissionais, visto que existe grande demanda de vagas, principalmente por parte de famílias que possuem idosos com necessidade de cuidados especiais.

O curso de cuidador de idosos SENAC capacita os profissionais para acompanhar os idosos e de oferecer condições de envelhecimento mais saudável, preservando e valorizando a convivência social e familiar das pessoas com idade mais avançada.

Pré-requisitos para o curso de cuidador de idosos SENAC

Para participar do curso de cuidador de idosos SENAC, o candidato deve ter idade mínima de 18 anos e ensino fundamental completo.
O curso de cuidador de idosos SENAC também é oferecido através do Programa SENAC de Gratuidade, uma iniciativa da instituição de ensino que permite às pessoas de baixa renda conseguir bolsa de estudos, recebendo o curso de forma totalmente gratuita.

Para participar do Programa SENAC de Gratuidade, a renda familiar do aluno interessado deve ser de dois salários mínimos por pessoa, no máximo. Ao realizar sua inscrição, o aluno deve optar pelo PSG, preenchendo os formulários exibidos para atestar sua condição de pessoa de baixa renda, portanto, passível de receber o curso gratuitamente.
Os documentos para comprovar sua condição de pessoa de baixa renda devem ser apresentados com a inscrição, na unidade SENAC escolhida para o curso.

Quais são as funções de um cuidador de idosos?

O trabalho de cuidador pode variar conforme a saúde e a qualidade de vida do paciente. Independentemente disso, classificamos algumas ocupações que você pode realizar se estiver iniciando nesse ramo.

Auxiliar os idosos na higiene pessoal, troca de fraldas, banho e escovação dos dentes;

Acompanhar os idosos e proporcionar atividades recreativas que lhes tragam felicidade e alegria, como, caminhar, conversar, realizar trabalhos físicos, banho de sol e etc.;

Ajudar a tomar os medicamentos necessários conforme a dosagem e horário prescritos pelo geriatra;

Ajudar os idosos nas tarefas domésticas e até ajudar a preparar e servir as refeições;

Garantir que o ambiente do idoso permaneça higiênico e arrumado, prevenindo acidentes e ocasionando uma melhor qualidade de vida;

Salvaguardar o bem-estar dos idosos, em geral, mantendo a vigilância, mantendo-os confortáveis, alimentando-se bem e recebendo a medicação adequada, incentivando-os a manter a autonomia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.